quarta-feira, agosto 09, 2006

Humor Matemático

Um professor universitário, doutor em Matemática, passava os dias na Universidade. Só falava de Matemática. Tudo para ele era Matemática. A esposa já não conseguia ter nenhum tipo de conversa com ele. Um dia ela arranjou um amante e abandonou o matemático e o seu único filho. O Professor começou a perceber que o menino estava triste, não comia, até que ficou muito doente. Então resolveu levá-lo ao médico, que disse:
- Professor, o seu filho precisa de mais atenção, de mais carinho. O senhor não pode ficar o dia inteiro na universidade e esquecer o seu filho! Tem que passear com ele, brincar com ele, contar histórias para ele! Só assim ele vai melhorar...
O Professor começou a dar mais atenção ao menino. Tanto que um dia, ao chegar em casa, vindo da universidade, ele encontrou o miúdo tristonho, e perguntou:
- Meu filho, o que é que tens? Estás triste?
- Estou!
- Queres que eu te conte uma história?
Os olhos do menino encheram-se de alegria e esperança.
- Quero, pai!
- Qual é a historinha que mais gostas?
- Eu gosto muito da historinha dos três porquinhos!
- Está bem, filho. Então lá vai: Era uma vez três porquinhos P1, P2 e P3, e um lobo genérico Ln (L índice n), mau por definição...

1 comentário:

Tixa disse...

Tadinha da criança...lol...é como eu digo: criança sofre!! Beijinhoo***